Top 10 Madri. Os melhores pontos turísticos da cidade

Fachada do Palacio de Cibeles

Muitos leitores aqui do blog me perguntam: “Quais são as atrações imperdíveis de Madri?”, “Quais são os melhores pontos turísticos da cidade?” ou “Como montar um roteiro para aproveitar os poucos dias que estarei em Madri?”

Já publiquei algumas listas nos comentários do blog, mas achei que o assunto merecia um post especial.

Decidi então preparar a minha seleção dos top 10 de Madri, aqueles lugares que eu não deixaria de visitar. Confesso que não foi nada fácil escolher somente 10, pois eu chegaria facilmente a uma lista dos top 20 ;-)

 

1) Puerta del Sol

puerta-del-sol

É o coração do centro de Madri. Local onde a multidão se reúne para fazer compras, realizar manifestações e celebrar o ano novo.

Na Puerta del Sol está a sede do Governo Regional, o Marco Zero (ou Quilômetro Zero), o Urso de bronze e muitas ruas repletas de lojas e cafés. Em dezembro, é especialmente difícil caminhar por essa zona pela quantidade de pessoas que circulam fazendo compras.

Onde: Plaza Puerta del Sol
Metrô: Sol (L1, L2, L3)

2) Plaza Mayor

plaza-mayor

Visita mais que obrigatória, a Plaza Mayor tem sua origem no final do século XVI, quando Felipe II transferiu sua corte à Madri e decidiu realizar uma remodelação na área.

Já foi local de touradas, execuções e julgamentos da Inquisição. Atualmente, é um importante ponto de encontro repleto de restaurantes e lojas, além de albergar a sede do Centro de Turismo de Madri.

Destacam-se na Plaza Mayor:
– Estátua de Felipe III no centro da praça, presente do Grande Duque de Florença para o rei da Espanha;
Casa de la Panadería, um dos edifícios do local cuja pintura destaca figuras mitológicas relacionadas com a história de Madri, como a deusa Cibeles;
Arco de Cuchilleros, que é o mais famoso dos 10 acessos à praça. Uma obra de Juan de Villanueva, que após o incêndio de 1790, fechou a praça criando uma série de arcos para seu acesso.

Minha dica especial >> comer na Plaza Mayor pode ser uma experiência decepcionante. Vale a pena tomar uma cerveja para apreciar o local, mas depois recomendo ir ao Mercado de San Miguel, que está ao lado.

Onde: Plaza Mayor
Metrô: Sol (L1, L2, L3)

3) Puerta de Alcalá

puerta-alcala

É um dos símbolos da cidade de Madri. Foi construída em 1778 a pedido do Rei Carlos III para comemorar sua chegada à capital.

Sua localização, no caminho que leva à Alcalá de Henares, foi que deu origem ao seu nome.

Em um dos lados da porta, é possível atravessar a rua e poder tirar fotos especialmente bonitas perto do jardim.

Minha dica especial >> passe pela Puerta de Alcalá tanto de dia como à noite, quando podemos ver sua iluminação especial.

Onde: Plaza de la Independencia, s/n
Metrô: Retiro (L2)

4) Museo del Prado

museo-prado

É o museu mais famoso de Madri e destino de turistas de todo o mundo que querem ver seu grande acervo de obras.

Contar com um arquivo tão grande e importante foi possível pela família real espanhola, que durante séculos colecionou obras de arte e patrocinou grandes artistas.

No ano de 1819 a coleção foi aberta ao público com a inauguração do Museo del Prado. Naquele momento, foram expostas 311 pinturas, mas já estavam sendo preparadas outras 1.510 obras. E até o momento, o Museu já adquiriu mais de 2.000.

O Museuo del Prado oferece tanto uma coleção permanente, como exposições temporárias. Dependendo do tempo que temos disponível para a visita, o museu recomenda diferentes roteiros.

Onde: Paseo del Prado, s/n
Metrô: Banco de España (L2) e Atocha (L1)

5) Parque del Retiro

parque-retiro.jpg

É o principal parque do centro urbano. Conta com 125 hectares repletos de árvores, jardins, fontes, estátuas e salas de exposições.

Para aproveitar bem o Parque del Retiro precisamos reservar pelo menos umas 3 horas. Mas se o roteiro da viagem estiver apertado, sempre podemos selecionar o que mais nos interessa visitar.

Não faltam atrações no Parque del Retiro:
Estanque Grande: um grande lago onde podemos alugar barquinhos para curtir o parque remando.
Rosaleda: um grande jardim com mais de 4.000 roseiras.
Palacio de Velázquez: sua construção, inspirada no Crystal Palace de Londres, foi realizada entre 1881 e 1883. Atualmente recebe exposições temporárias organizadas pelo Museo Reina Sofía.
Palacio de Cristal: uma bela construção de ferro e vidro construída em 1887, e que atualmente é usada como sala de exposições culturais.
Estatua del Ángel Caído: seria a única estátua no mundo que representa o diabo. Foi criada por Ricardo Bellver para a Exposição Universal de Paris de 1878.

Minha dica especial >> como está pertinho dos principais museus de Madri, o Parque del Retiro é uma ótima opção de visita após a programação cultural. Podemos deitar na grama e descansar um pouco antes de seguir com nosso roteiro de viagem.

Onde: Plaza de la Independencia, 7
Metrô: Retiro (L2)

6) Plaza de Cibeles

plaza-cibeles

Um dos lugares que mais gosto de Madri. No centro, está a fonte mais famosa da cidade com a deusa Cibeles, símbolo da terra, da agricultura e da fecundidade.

Na mesma Praça encontra-se o Palacio de Cibeles, atualmente sede da prefeitura de Madri e do CentroCentro, um centro cultural aberto ao público.

E nas demais laterais da Praça, podemos ver outros edifícios e palácios emblemáticos: o Banco de España, o Quartel Geral do Exército e a Casa de América.

Minha dica especial >> é imperdível subir ao mirante do Palacio de Cibeles para apreciar a cidade.

Onde: Plaza de Cibeles, 1, s/n
Metrô: Banco de España (L2)

7) Palacio Real

palacio-real

Localizado no alto de uma colina sobre o Rio Manzanares, sua construção substituiu um forte real que se encontrava no local e que sofreu um incêndio em 1734.

Sua construção durou 26 anos e foi ordenada por Filipe V. Foi habitado pela família real até 1931, mas atualmente é usado somente para cerimônias oficiais.

Grande parte do Palácio Real está aberta ao público, que pode visitar:
– Sala de Jantar
– Sala de Porcelana
– Farmácia da Família Real
– Sala do Trono
– Entre outros locais do Palácio.

Minha dica especial >> antes ou depois da visita ao Palacio Real, não deixe de visitar a Plaza de Oriente e sentar-se em um dos agradáveis cafés que se encontram nessa praça.

Onde: Calle Bailén , s/n
Metrô: Plaza de España (L2, L3, L10)

8) Gran Vía

gran-via.jpg

É uma das avenidas mais importantes de Madri e de visita obrigatória pela sua arquitetura e oferta comercial.

Foi construída entre 1910 e 1931 para melhorar o caótico trânsito do centro da cidade. Diversas ruas tiveram que desaparecer para que a longa e moderna avenida pudesse ser construída.

Atualmente a Gran Vía está repleta de lojas de grandes marcas: Zara, H&M, Mango, etc. E sua arquitetura é espetacular. Você não vai parar de tirar fotos!

Minha dica especial >> não perca os detalhes na faixada dos edifícios, por isso um olho pra frente e outro pra cima ;-)

Onde: Calle Gran Vía, s/n
Metrô: Callao (L3, L5) Gran Vía (L1, L5) Plaza de España (L2, L3, L10)

9) Plaza de España

plaza-espana.jpg

É uma das principais praças de Madri e também uma das maiores. Para mim, é um oásis no meio do caos urbano, pois oferece silêncio e tranquilidade numa das zonas mais movimentadas da cidade.

O escritor espanhol Miguel de Cervantes é o grande homenageado dessa praça. Seus personagens Dom Quixote e Sancho Pança ganharam uma estátua no local, que são disputadas pelos turistas para uma foto.

Minha dica especial >> dedique alguns minutos para apreciar os edifícios emblemáticos construídos ao redor da Praça, como o Edificio España e a Torre de Madrid.

Onde: Plaza de España
Metrô: Plaza de España (L2, L3, L10)

10) Museo Reina Sofía

museo-reina-sofia

Inaugurado em 1990, o Museo Reina Sofía possibilitou que a cidade de Madri contasse com uma coleção de arte moderna e contemporânea de prestígio internacional.

O Museu conta atualmente com mais de 20.000 obras na sua coleção. Entre elas, El Guernica, um dos quadros mais importantes de Pablo Picasso e que representa a dor das vítimas do bombardeio nessa cidade espanhola. Visita imperdível!

Onde: Calle Santa Isabel, 52
Metrô: Atocha (L1) Lavapiés (L3)

Anúncios

4 comentários sobre “Top 10 Madri. Os melhores pontos turísticos da cidade

  1. Juliana

    Olá! Quanto tempo vc acha que dura em média uma visita ao Palácio Real? Gosto muito de história e não sou do tipo que passa correndo pelas coisas só pra dizer que fui.
    Gostaria de assistir a troca da Guarda Real e, por isso, queria saber se dá tempo de visitar o Palácio de manhã e ainda ver a troca da Guarda, com tranquilidade. Minha visita será na primeira quarta-feira do mês, quando a troca da Guarda acontece ao meio-dia.

    1. Maíra Garrido

      Olá, Juliana! Talvez o tempo fique um pouco apertado. O Palácio é grande e só abre às 10h. Se você gosta de ver cada detalhe e curtir ao máximo… talvez seja melhor deixar a visita para a tarde depois da troca da guarda. Bom passeio!

Gostou do post? Quer deixar uma sugestão? Esse espaço é seu

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s